Menu

Review: Desert Ashes

Desert Ashes é um jogo indie desenvolvido pelo britânico, Luc Bernard. Um desenvolvedor de jogos pouco conhecido, mas que já criou diversos títulos como: Eternity’s Child, Imagination Is The Only Escape, Mecho Wars, Death Tales, Pocket God vs Desert Ashes e SteamPirates.

O título está presente na Playstation Store na categoria F2P (Free to Play/Livre para Jogar), categoria na qual os jogos são gratuitos, porém geralmente trazem dificuldades para aqueles que não estão dispostos a comprar a “moeda” do jogo em questão, contudo Desert Ashes foge desse padrão. Ao contrário de outros F2P, não há a existência de moedas a serem compradas, mas sim 2 DLCs que são necessárias para liberar os episódios 2 e 3, e de fato completar o jogo.

Desert Ashes é um jogo de estratégia baseado em turnos, onde o objetivo é você capturar a base central inimiga. Todo o jogo em si é bem simples, os gráficos se equiparam facilmente a de um Android qualquer, a trilha sonora é satisfatória, mas não possui nada de especial e a jogabilidade é simples. Porém mesmo em sua simplicidade, o jogo trás uma ótima dosagem de diversão, pois a estratégia possui seus méritos.

Durante o jogo você terá acesso a um arsenal de monstros, cada qual com suas vantagens, desvantagens e claro, uma relação de poder com o seu valor monetário. Cada episódio possui 7 fases, e em toda ela teremos três elementos essenciais presentes no cenário (Base Principal – A que você deve defender a todo custo, Bases Secundárias – Que você deve manter para conquistar dinheiro e poder comprar seu exército e Bases de Compra – Onde você poderá comprar seu exército). Seu inimigo possui os mesmos elementos, e tanto ele quanto você podem capturar essas bases um do outro, sendo necessário um turno para neutralizá-la e outro para conquistá-la.

O combate então começa, e você precisa pensar com cuidado no que vai tentar capturar primeiro e o melhor exército para enfrentar seu oponente. Há um inimigo pesado em campo, então você compra um monstro voador pois esse tem vantagem sobre o inimigo, então seu inimigo trás a tona um soldado de campo e esse destrói seu monstro voador e avança no seu território, neutralizando uma de suas bases. O dia passa durante o turno, o lago descongela e você agora pode avançar seu monstro marítimo mais para a costa, aniquilando o soldado invasor e em seguida trazendo um de seus soldados para capturar novamente a base. Esse é o espírito do jogo.

Uma das qualidades mais marcantes de Desert Ashes é essa diferença de dia para noite, no decorrer que os turnos vão se desenrolando, o dia vai passando, e com ele o cenário inteiro muda de cor, além da noite congelar a água e assim trazer novas possibilidades.  Outra característica é a capacidade de jogar várias partidas simultâneas, não que você jogue ao mesmo tempo, mas sim que pode deixar várias janelas abertas para continuar quando desejar, não só dentro da campanha, mas no multiplayer também.

Dentro do multiplayer, você pode procurar partidas, como também pode criar várias salas e deixar todas abertas com jogadores diferentes e intercalar os jogos como bem entender, mas claro existe um tempo a ser cumprido nas partidas. O modo é uma cópia da campanha, onde a única diferença está em que o seu inimigo é também uma pessoa, e se faz necessário ganhar experiência jogando partidas, para desbloquear itens do modo.

Desert Ashes com toda certeza não faria parte do arsenal de jogos de muita gente, caso não fosse gratuito e suas DLCs tão baratas (na promoção da Plus custavam R$0,44 cada). Mas uma vez que você experimenta e se deixa levar pela diversão sendo um amante de estratégia, até sente vontade de prolongar a aventura com sua “continuação” Pocket God vs Desert Ashes.

Ígara Ferreira
Ígara Ferreira é uma jovem nerd catarinense de 20 e poucos anos, mais conhecida pelos amigos como “Lady ou Monstra” por causa da sua vida de caçadora de troféus nos vídeo games. Adora ler, é viciada em séries norte americanas, filmes de super heróis e comida boa, daquelas que engordam!
Desert Ashes é um jogo indie desenvolvido pelo britânico, Luc Bernard. Um desenvolvedor de jogos pouco conhecido, mas que já criou diversos títulos como: Eternity's Child, Imagination Is The Only Escape, Mecho Wars, Death Tales, Pocket God vs Desert Ashes e SteamPirates. O título está presente na Playstation Store na categoria F2P (Free to Play/Livre para Jogar), categoria na qual os jogos são gratuitos, porém geralmente trazem dificuldades para aqueles que não estão dispostos a comprar a "moeda" do jogo em questão, contudo Desert Ashes foge desse padrão. Ao contrário de outros F2P, não há a existência de moedas a serem compradas, mas sim 2 DLCs…

Conclusão

GRÁFICOS - 6
JOGABILIDADE - 7
TRILHA SONORA - 6
REPLAY - 7
DIVERSÃO - 8

6.8

User Rating: 5 ( 1 votes)

Ígara Ferreira
Ígara Ferreira é uma jovem nerd catarinense de 20 e poucos anos, mais conhecida pelos amigos como "Lady ou Monstra" por causa da sua vida de caçadora de troféus nos vídeo games. Adora ler, é viciada em séries norte americanas, filmes de super heróis e comida boa, daquelas que engordam!

No comments

Deixe uma resposta

Inscreva-se para receber em seu email todas as nossas publicações. Fácil e rápido. Participe