Menu

Análise: Overwatch

A nova propriedade intelectual produzida pela Blizzard chega ao mercado para fazer aquilo que muitos FPS tentam na atualidade, mas acabam pecando e aos poucos perdendo espaço para novos títulos.

Em um futuro não muito distante, humanos, robôs e animais – um Gorila, coexistem em um mesmo mundo. Porém como já visto em diversas obras cinematográficas os robôs acabam por se rebelarem contra a raça humana e a única esperança é reunir os melhores soldados que existem para combater esta nova ameaça, e por fim, manter a paz na Terra. Obviamente a ideia não é nem um pouco original, porém é quando o jogo começa que tudo se torna inovador.

mei006

O primeiro ponto de destaque é a quantidade enorme de personagens disponíveis para serem utilizados no multiplayer, cada um com suas armas e poderes especiais. Ocorre que de nada adianta escolher o seu personagem sem se ater aos demais membros de seu grupo, o que acaba obrigando o jogador a se reunir com seus amigos. Além de uma boa tática, é necessário equilibrar os personagens escolhidos de acordo com o modo de jogo.

Essa necessidade de se pensar antes de iniciar uma partida pode significar uma vitória arrasadora ou uma derrota desastrosa, tudo dependerá de como você utilizará seus poderes e suas habilidades com conjunto com seus demais parceiros. Essa sinergia existente entre os personagens torna Overwatch um jogo único e diferente a cada rodada, premiando principalmente quem abusa de todos os recursos que o jogo tem a oferecer.

640x359

Em um primeiro momento os gráficos nada realistas podem te enganar, ou afastá-lo de Overwatch, mas bastam alguns minutos para perceber o quão belo é o jogo e seu estilo diferenciado mais cartunesco é justamente o que o mundo dos games precisava atualmente. Um FPS que foge das tradicionais guerras como Battlefield ou Call of Duty, bem como se destaca de outros FPS como Destiny, Killzone, Halo. Overwatch consegue fazer o que nenhum destes jogos é capaz, lhe fornecer dezenas de opções de personagens, cada um com suas habilidades e estratégias.  Para a proposta do jogo, os gráficos de Overwatch estão maravilhosos.

A parte sonora é outro ponto de destaque, totalmente em português o jogo conta com uma dublagem de qualidade, porém, dado ao estilo de jogo pouco se dará destaque às falas no meio de tanta intensidade.

Assim como os gráficos que em um primeiro momento parecem simples a jogabilidade segue a mesma ideia. Ocorre que cada um dos vinte e um personagens disponíveis possuem além de suas armas principais, as habilidades secundárias que são ativadas após encher uma barra específica conforme os pontos conquistados por você, bem como possuem características específicas como serem personagens ofensivos ou ofensivos por exemplo.  Teletransportes, barreiras, flechas certeiras, e tantas outras habilidades nas mãos de um jogador experiente em Overwatch pode significar dezenas de possibilidades em uma mesma partida. Com combates de seis contra seis, os objetivos seguem os já usuais controle de objetivos, capturar e proteger objetivos, King of The Hill em diversos mapas que garantem a intensidade e combates diretos entre os jogadores.

znvpujky7c6lse6yymz2

Ocorre que as vezes aquele conjunto de personagens escolhido por sua equipe acabam por não serem eficazes contra a equipe inimiga, e novamente segue o estilo estratégico de Overwatch. Saber mudar de personagem durante a partida permitirá que sua equipe siga o caminho vitorioso anulando a equipe inimiga e majorando as habilidades de seus companheiros. O número de inimigos mortos não significam nada em Overwatch.

Este será com certeza um dos jogos mais viciantes do ano de 2016, e se a promessa de novos personagens disponibilizados após o lançamento se tornarem verdade, Overwatch tem tudo para tornar o fator replay quase infinito, permitindo aos jogadores longas e divertidas partidas online com seus amigos em intensas disputas.

 

Antipaladino
inserir informações biográficas
A nova propriedade intelectual produzida pela Blizzard chega ao mercado para fazer aquilo que muitos FPS tentam na atualidade, mas acabam pecando e aos poucos perdendo espaço para novos títulos. Em um futuro não muito distante, humanos, robôs e animais – um Gorila, coexistem em um mesmo mundo. Porém como já visto em diversas obras cinematográficas os robôs acabam por se rebelarem contra a raça humana e a única esperança é reunir os melhores soldados que existem para combater esta nova ameaça, e por fim, manter a paz na Terra. Obviamente a ideia não é nem um pouco original, porém…
Gráficos - 10
Jogabilidade - 9.5
Parte sonora - 9
Replay - 9
Diversão - 10

9.5

User Rating: 5 ( 1 votes)

Antipaladino
inserir informações biográficas

2 comments

  1. legendarysnake disse:

    Tinha muito tempo que eu não pisava aqui, Fico feliz em ver que o sucessor da psw ainda está vivo. Em meio a essa chatice de hoje em dia das pessoas terem abolido as notas de Gráficos, sons, jogabilidade, diversão, replay nas análises, o vidaplaystation ainda parece resistir a essa mudança chata que ocorreu nessa área do jornalismo a alguns atrás. E isso é excelente, essa é uma mudança que não me agradou. Era bem mais fácil escolher um jogo usando essas notas. Enfim, falando do jogo agora.

    O overwatch, virou realmente um fenomeno do dia da pra noite. O que me surpreendeu porque ele é um jogo até que caro pra um jogo exclusivamente multiplayer e mesmo assim tá fazendo muito sucesso, ainda mais que tem tantas opções free to play do mesmo genero(fps) disponíveis por aí, e pessoas pagaram full price nele. No site twitch.tv, ele passou a entrar no top 5 de jogos mais vistos/streamados poucos dias depois de lançado, e ainda é extremamente popular por lá. Eu fiquei em dúvidas sobre o jogo no começo pq ele parecia ser só um clone de team fortress 2, mas parece que ele tem qualidade o suficiente pra poder andar com os próprios pés.
    Meu note deve rodar no mínimo, vou ver se compro ele quando ele entrar em promoção hehe.

    • Antipaladino Antipaladino disse:

      Opa Legendary, tudo bom? Ainda estamos organizando as coisas novamente, mas é bom vê-lo por aqui novamente. Quanto ao jogo ele realmente é muito bom, principalmente para juntar e jogar com os amigos, jogar sozinho eu já não achei divertido, precisa de tática, organizar estratégias, se você entra sozinho em uma equipe a coisa acaba virando um mata-mata e ninguém pega o objetivo e você acaba perdendo tempo. Quanto ao preço de fato, acho excessivamente caro para a proposta, jogos como Overwatch, Titanfall, deveriam ter um preço tabelado de $39 e não $59. A mídia já era chata há uns 5 anos atrás, hoje, chega a ser insuportável e cheia de erros ou notícias tendenciosas. Acredito que este estilo deixa mais claro para a pessoa os pontos positivos e negativos e do que você pode esperar. Talvez seja um sistema arcaico, velho, mas se nós gostamos assim, você gosta assim, é assim que vai ficar hahaha. Abraço!

Deixe uma resposta

Inscreva-se para receber em seu email todas as nossas publicações. Fácil e rápido. Participe